Blogia
O BLOG DO V-P
¿Y esta publicidad? Puedes eliminarla si quieres

LUIZ TENAGLIA EM SÃO PAULO

LUIZ TENAGLIA EM SÃO PAULO

 

 

 

O "Theatro São Pedro", na Rua Barra Funda, em São Paulo, teve hoje, 6 de agosto de 2006, um dia musical superlativo. Ali esteve o tenor brasileiro, que ora anda a viver na Suécia, LUIZ TENAGLIA (na foto acima, de 1985, em Kaiserslautern). Com o piano de FERNANDO TOMIMURA, Luiz interpretou inicialmente cinco melodias populares gregas, de RAVEL, uma peça melancólica do cancioneiro sueco (Tonerma, de SJÖBERG), duas obras de MENDELSSONH e outras duas de SCHUBERT. Ao fim, depois de uma feliz conjunção dos pianistas TOMIMURA e SAID TUMA, concertando, em quatro mãos, as Três Danças Eslavas de DVORAK, com eles voltou LUIZ TENAGLIA ao palco, desta feita, na companhia de ELAYNE CASEHR (soprano), a carioca ADRIANA CLYS (mezzo-soprano), CARLOS EDUARDO BASTOS (baixo) e o Coral Jovem do Estado, para, sob a regência precisa e simpática de NAOMI MUNAKATA, desfiar 18 valsas de BRAHMS (Liebeslieder).

LUIZ TENAGLIA é um dos maiores tenores brasileiros de todos os tempos, senão o melhor tenor de nossa História. Provavelmente, está em seu superior estádio, conjugando uma técnica vocal impecável (isso ele sempre demonstrou ao largo de sua carreira) a um excelente domínio cênico.

Torna ele a apresentar-se entre nós no curso do mês de agosto. É audição imperdível. Este blog indicará, oportunamente, locais e datas.

 

(Pequena referência biográfica: nascido em maio de 1956, na cidade de São Paulo, LUIZ TENAGLIA, que muito jovem integrou o CORALUSP, então regido pelo Maestro BENITO JUAREZ, iniciou seus estudos de canto com o Maestro MARCEL KLASS. Já na Alemanha, estudou na Escola Superior de Música de Munique, na classe do Professor HANNO BLASCHKE e do tenor ERNST HAEFLIGER. Apresentou-se freqüentemente na Europa com, entre outros, a English Chamber Orchestra, a Sinfônica de Düsseldorf, a Orquestra de Câmara de Karlsruhe, o Collegium Musicum Bonn e a Filarmônica de Munique. Destacam-se suas participações em Il Barbiere, de ROSSINI, 1984; Cosi fan tutte, de MOZART, 1986; Il Turco in Italia, de ROSSINI, 1987; Die Zauberflötte, de MOZART, 1988; La Cenenterola, de ROSSINI, 1992; Don Giovanni, de MOZART, 1999. Mais indicações em http://www.tenaglia.se).

 

¿Y esta publicidad? Puedes eliminarla si quieres.

0 comentarios

¿Y esta publicidad? Puedes eliminarla si quieres